Receba Músicas Por E-Mail:

* Email (Obrigatório)  

Milton Nascimento, Absolutamente Inédito

Nessa eu fui pega de surpresa. Uma BAITA surpresa…

O Rodrigo surrupiou essa gravação e colocou na web sem nem me perguntar. Depois de feito, eu vi, me emocionei e até chorei, “de esguicho”, como diz dona Autamira, minha mãe… Ele colocou um poema no meio, ficou demais :-)

Quando imaginei essa versão de Maria, Maria, há uns 5 anos, eu não sabia que ia ficar tão boa. Era uma coisa que tocava aqui na ‘rádio’ da minha cabeça… Rsrssrs “Manu Santos FM”!! Assista, junto de um poema e um vídeo que o meu amor fez não só pra mim, mas pra todas as mulheres do Brasil.

If you can see this, then you might need a Flash Player upgrade or you need to install Flash Player if it's missing. Get Flash Player from Adobe.

A Primeira Vez A Gente Nunca Esquece

Quando levei essa versão pro palco, pela primeira vez, eu mal podia acreditar na reação das pessoas. Elas choravam, gritavam no final, com assobios altíssimos e aplausos eufóricos. E da segunda também. E da terceira, da quarta… Assim a gente foi levando…

As mulheres, principalmente, adoram ouvir esses batuques. Elas me dizem, depois do show, que Maria, Maria foi feita pra ser gravada desse jeito. E eu fico como? Super alegre! Parece que o transe dos batuques realmente faz a gente mudar de clima. Junto com essa declaração de amor do Milton, fica melhor ainda. Uma homenagem em transe, essa versão é mesmo muito impactante. O próprio Milton, que eu amo TANTO, há de me dizer um dia o que ele achou dessa. As outras gravações que me perdoem, mas eu AMO essa versão, de verdade.

Mas como não tenho feito shows de carreira, em virtude das gravações do disco, a vontade de voltar a cantar Maria Maria ao vivo só aumenta. Estamos fazendo tudo com muito cuidado. Preparando textos, imagens, o roteiro do show, buscando o figurino certo. Quando eu estiver nos palcos novamente, em carreira solo, vai ser uma grande felicidade, o meu público realmente não perde por esperar.

Espero do fundo do meu coração musical que você tenha gostado dessa versão de Maria, Maira. Pra mim, foi um presente de Deus. Eu não esperava isso, só pude agradecer quando meus músicos entenderam o que eu queria. Esse áudio foi gravado em um estúdio, mas mixado em casa mesmo. Estava ali, guardado como um estudo, mas o Rodrigo é meio teimoso. Resolveu colocar no ar sem avisar pra ninguém, e em menos de 24 horas depois de lançado no youtube, já tínhamos mais de 2200 visitas…

Alguns amigos do Rodrigo já disseram a ele que esse vídeo é perfeito “pra ganhar moral com mulher”. Hahahaha!! Morri de rir com essa!! Vai entender… Rsrsrsrsrs…

Um beijinho,
Manu.

182 Responses to Milton Nascimento, Absolutamente Inédito
  1. Nath Carazza
    June 30, 2010 | 3:05 am

    Bom, eu não tenho nem palavras mais, para descrever esse vídeo. Ele é PERFEITO. Essa versão é simplesmente, a melhor versão de “Maria, Maria” que já ouvi.
    Tbm mostrei/mandei para mamis, irmã, amigas, prima, tia e vó, claro. Postei no site do fcomanusantos, twitter. rsrs
    E a resposta foi unânime: todos amaram e foram só elogios. Minha mãe, que é fã do Milton, me disse que chegou a se emocionar.
    Rodrigo obrigada por nos dar esse presente e Manu obrigada por essa vozm presente de Deus, que só nos traz alegria.
    Bjim,
    Nath

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 12:58 pm

      E eu fico como… Babando esse vídeo toda hora! :)

      Obrigada, minha amiga!

      Obrigada por divulgar o nosso trabalho com tanto amor!

      beijinhos

      • Nath Carazza
        July 2, 2010 | 1:55 am

        Não precisa agradecer.
        Eu amo esse trabalho como se fosse meu tbm.
        Amo ter vc como amiga.
        Vc MERECE D++++ tudo isso.
        E vc sabe que não te considero uma promessa na música e sim uma Realidade.
        Bjinhos.

  2. [...] This post was mentioned on Twitter by Nathalia Carazza and VIVIANE AYRES, VIVIANE AYRES. VIVIANE AYRES said: MUITO LINDOOOO!!!! HOMENAGEM QUE A @manusantos @manusantosmpb RECEBEU DO AMORZINHO DELA! A VOZ DELA É LINDAAAA! http://bit.ly/9BFm7I [...]

  3. anninha bueno
    June 30, 2010 | 3:46 am

    Manu!
    O vídeo ficou lindo, sua voz maravilhosa e que presentão do Rodrigo pra você e pra nós mulheres, né?
    Eu achei lindo demais, tudo!
    Sempre gostei dessa música e sua voz é forte, doce, delicada ao mesmo tempo, sou fã desde sempre e pra sempre!
    Um beijão, te adoro!
    Anninha Bueno.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 12:58 pm

      Anninha, vc é uma linda, mesmo! :)

      Quando for cantar a “Mulher Jangadeira”, por favor, não esqueça de mandar o vídeo!!

      beijinhosss

  4. ANA PAULA
    June 30, 2010 | 4:32 am

    A perfeição está:

    1 ) No vídeo com uma baita positiva mensagem à nós mulheres,quando vivemos numa sociedade que ainda não nos trata como devemos ser realmente tratadas.
    2 ) Na música.
    3 ) Na sua voz Manu em intrepretar a obra prima da MPB Maria,Maria de nosso incrível Milton Nascimento.
    Vamos que vamos nessa Manuzinha.
    Beijos e sucesso sempre!

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:23 pm

      É, ANa! É verdade… precisamos mostrar a nossa força, a nossa garra, para que sejamos reconhecidas. Calma, que a gente chega lá!

      beijos e obrigada,
      Manuzinha

  5. Rosi
    June 30, 2010 | 4:57 am

    Manu, parabéns pelo seu trabalho. Sua voz é encantadora e o vídeo excelente em todos os aspectos: montagem, poema do seu marido e, especialmente, pela sua interpretação tão deliciosamente diferenciada. Adorei! Abraço.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:23 pm

      Muito obrigada pelo carinho, Rosi! Foi um presentão!!!

      beijinhos

  6. Jorge Sarkis
    June 30, 2010 | 9:18 am

    Sua musicalidade é impressionante Manu. A suavidade da sua voz é algo divino. Parabéns por você ser esse Ser. Amor, Luz e Paz.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:24 pm

      Que bom que vc gostou, Jorge! :)
      Fiquei feliz!!

      beijinhos

  7. Manuel Meixide
    June 30, 2010 | 9:24 am

    Não vou dizer nada novo sobre o seu trabalho e o do Rodrigo. Muito lindo e emocionante. Só tem um problema; alguém o calificou no YouTube como não apto para menores, então não deu para colocar no Blip.fm, uma pena…

    Parabéns, abraços e beijos

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:25 pm

      Obrigada, Manuel!!!

      Pois é, to sabendo disso… Estamos tentando resolver. Deixa comigo.

      beijinhosss

  8. Vicente Freitas
    June 30, 2010 | 10:27 am

    Maria, Maria… Sua musicalidade é impressionante, Manu! Adorei e já repassei pro twitter, para o mundo inteiro ver e ouvir… rsrsrs… http://twitter.com/vincentfreitas

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:31 pm

      Obrigada, Vicente!!! Vamos espalhar esse amor!! beijinhos

  9. Eliana MARIA
    June 30, 2010 | 11:12 am

    Manu, querida…nessa belíssima gravação, mais do que cantar, você É verdadeiramente MARIA: primal….sensual…essencial.E seu amigo foi de uma imensa sensibilidade em fazer o vídeo.
    Com meu orgulho de ser Maria e beijos carinhosos, Eliana Mesquita

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:33 pm

      Muito obrigada pelo carinho, Eliana! :) Somos MARIA! Temos força, leveza, garra, carinho… tudo no mesmo pacote. Isso é bom, né?
      O meu noivo caprichou no vídeo e no lindo poema! :)
      Que bom q gostou!

      beijinhosss

  10. Patricia Tinoco
    June 30, 2010 | 11:28 am

    Manu, quando eu vejo ou escuto um video de musica eu olho o lado musical, claro. Por cantar tambem estou sempre querendo aprender mais, analisar outros cantores, estilos, etc. Quando escuto tuas gravaçoes, é um prazer para mim em todos os sentidos. Voce nao somente canta muitíssimo bem, tem um timbre de voz extremamente agradável ao ouvido, muito suave, os arranjos sao líndos e de muito bom gosto mas tambem voce tem esse algo mais : o de transmitir uma mensagem. Ou seja, emociona em todos os sentidos : na música, na palavra, na energia. Essa música entao, realmente, passa uma energia alucinante. Essa coisa de SER MULHER !!! e TER QUE SER!! E eu acho que voce faz MUITO bem em usar internet SIM…Continue… (Espero poder estar no Brasil para ver teu show.)

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:35 pm

      Patrícia, que maravilha! Que bom que gostou e que bom que consigo passar esse sentimento pra vc! :) To felz agora!
      “Eu gosto de ser mulher…” Temos que lutar pelo nosso espaço, né? Garra, leveza, gana e graça!

      Internet? É PRA SEMPRE! :)

      Um beijinho,
      Manu

  11. Cris Umbelino
    June 30, 2010 | 12:36 pm

    Manu, vc é uma de minhas melhores escolhas, obrigada por compartilhar tantas coisas belas conosco, atravez da música, você consegue espressar todo sentimento que o brasileiro tem.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:36 pm

      Cris!!!

      Agora fiquei acanhada. :) Obrigada pelo carinho, viu?

      beijinhos

  12. Orlandodo Nascimento Costa Filho
    June 30, 2010 | 1:02 pm

    Belíssima voz, na medida certa, sem floreios, com pausas agradáveis..
    A percursão, bra prima. Parabéns. Esta gravação é de altíssim,o nível artístico.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:36 pm

      Muito obrigada, Orlando! :)
      Que bom que vc gostou! Foi tudo feito com muito carinho e amor!

      beijinhos,
      Manuuu

  13. Gabriela
    June 30, 2010 | 1:09 pm

    Amei! Lindo! Perfeito…esta música ficou linda na sua voz! Sucesso!

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:37 pm

      Muito obrigada, Gabi!!!

      Beijos e flores!!!

  14. Juliana
    June 30, 2010 | 1:38 pm

    Nossa! Quando você cantava na paróquia eu achava que você cantava muito bem. Mas agora, hein! O que foi isso??? Está deixando os cantores da MPB no chinelo. Que arraso! Loucura, loucura, loucura… (como diria Luciano Huck)

    Quero ser como você quando eu crescer.rsss

    Que Deus acompanhe sua caminhada.
    Beijos

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 1:52 pm

      Oi Ju!!! Caramba, que felicidade receber a sua visita por aqui! Muito obrigada, viu? :)
      Nossa, aquele tempo da paróquia era tão bom! Ê saudade!

      beijinhos,
      Manu

  15. Cida Dantas
    June 30, 2010 | 1:54 pm

    O que dizer de uma obra prima dessas???PERFEITA!!!!LINDA!!!!!!EMOCIONANTE!!!!E o que não virá com seu CD e seus shows???? Sem dúvidas, o que de mais fino,belo e profissional na arte de cantar e encantar que existe!!VOCÊ É ÓTIMA!!!!
    Parabéns!!!!Sucesso cada vez mais!!!
    Bjos!!!
    Cida Dantas.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 2:06 pm

      Ahh, Cida! Vc é uma fofaaa!!! Muitíssimo obrigada pelo carinho! To doida pra colocar o meu bloco na rua. Ai que saudade!!!

      beijinhos,
      Manu

  16. Wania
    June 30, 2010 | 2:24 pm

    Linda voz!! Linda interpretação!!
    Sucesso, Manu!!

    Beijos com muito carinho e imensa admiração!!
    Wania Malafaia

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 3:44 pm

      Wania!!! Muitíssimo obrigada!!

      beijossss

  17. Érica Elke
    June 30, 2010 | 3:18 pm

    Linda versão!!!! Amei!

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 3:44 pm

      Obrigada, Érica! Foi feito com muito carinho! :)

      beijosss

  18. waldirene chagas
    June 30, 2010 | 3:42 pm

    Lindo ,muito lindo esse video e obrigado adorei!!!

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 3:44 pm

      Wal!!! Que bom que gostou!!

      beijinhos

  19. manoel laurindo
    June 30, 2010 | 4:58 pm

    manu vc é d+,nos encanta com essa perolá de milton…abraços

  20. dario leão
    June 30, 2010 | 5:05 pm

    Que homenagem mais linda. Que voz linda, que música linda. Tudo bonito, como tudo que vem do casal. Obrigado, Manu, obrigado Rodrigo. Sucesso sempre. Vou compartilhar, se vcs me permitirem, claro.

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 5:47 pm

      Muito obrigada pelo carinho, Dario!! :) Q bom q gostou!

      beijos,
      manu

  21. Sheila
    June 30, 2010 | 5:10 pm

    Manu Gostei do vídeo, está lindo e tua voz nessa linda canção fez ficar perfeito! Parabéns!

    Um beijo!

    • Manu Santos
      June 30, 2010 | 5:47 pm

      Muito obrigada, Sheila!

      Foi feito com muito carinho e amor!!

      beijinhos

  22. Ana Lúcia Lodi
    June 30, 2010 | 6:28 pm

    Oi Manu!
    Há tempos só te admiro (como sempre), mas não deixo comentários… dessa vez porém, vai ficar registrado o quanto te admiro mais a cada trabalho que conheço! Parabéns a você e ao Rodrigo.
    Beijos!
    Ana

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 2:25 pm

      OI Ana!!! Seja bem-vinda! :) Sei bem como é…também sou assim, um tanto tímida. Fico só lendo as novidades.

      Que bom que gostou!!! Foi feito com carinho!!

      Um beijinho,
      Manu

  23. Maria Sueli Costa Farias
    June 30, 2010 | 9:10 pm

    Adorei o vídeo e a música. Sou uma das várias Marias que você está homenageando.Bjks

  24. Carolina Guimaraes
    June 30, 2010 | 9:29 pm

    Garoutcheeenha, vc arrasa, sempre. E essa versao ficou linda, amei a mixagem, os arranjos beeem brazucas e claro, o principal que é a sua voz e alma impressos em uma letra e melodia tao lindas. O mais legal da sua interpretacao é ao mesmo tempo ser original e me fazer lembrar daquela boa música brasileira.
    Gostei também da ótima diccao, tem cantor por aí que parece que nao fala a nossa língua! rsrsrs
    O video ficou uma graca, merece cada um dos acessos.
    Essa música entra no album? Deveria, tah divina.
    Um beijo!

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 2:27 pm

      Oi Nina!!

      Que bom que curtiu!! Foi tudo feito com muito carinho e amor. Desde a gravação até o vídeo, poesia e fotos! :)
      Fico babando todo dia!!

      Um beijinho,
      Manu

  25. Elizabeth Wasserman
    June 30, 2010 | 11:09 pm

    Que voz super gostosa e um jeito singular de cantar!!!!
    Adorei sua interpretação! Parabéns, Manu! Bjssss

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 2:27 pm

      Muito obrigada pelo carinho, Elizabeth!!! :)

      Um beijinho

  26. Luciana Sales
    July 1, 2010 | 12:49 am

    Manu,
    Parabéns pelo seu abençoado talento… essa música me faz chorar, ouvir você cantando é maravilhoso!!!!!
    Que Deus te abençõe, que sua estrela brilhe muito e por muitos anos.
    Você é uma mulher preciosa para Deus, não se esqueça disso.
    Abraços,
    Luciana

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:00 pm

      Lu, também fiquei emocionada com esse vídeo!!! Fico babando quase todos os dias! :)

      um beijooo

  27. Jorge Lima
    July 1, 2010 | 2:19 am

    Manu,
    primeiro quero cumprir a obrigação de me desculpar com você por nunca ter assistido você cantar antes. E confesso que cheguei aqui porque tava procurando uma gravação antiga do Cartola e encontrei um vídeo seu cantando Cartola. Não preciso dizer que a paixão pela tua voz foi imediata e que imediatamente me senti envergonhado de ser carioca, vascaíno e mangueirense e não conhecer a maravilha que você é.

    E esta versão de Maria é quaquer coisa de emocionar…

    Você é tudo de bom.

    Um beijo carinhoso no coração.

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:02 pm

      Jorge, agora fiquei acanhada… Não precisa se desculpar, oxente! Vc gostou do vídeo??

      Obrigada pelo carinho e seja bem-vindo, viu?

      Um beijo

      • Jorge Puga
        July 1, 2010 | 6:00 pm

        Oi Manu,
        claro que eu gostei do vídeo…. e da idéia de usar prá marcar ponto…. hehehehe…… brincadeirinha!

        É que fiquei tão apaixonado pelo timbre da voz, pela força delicada da interpretação que esqueci de comentar sobre o vídeo.

        Querendo ver você cantar ao vivo…

        BJs.

  28. Deo Mário
    July 1, 2010 | 7:35 am

    Parabens pelo presente, Manu…
    Rodrigão tava inspirado, como sempre, né?
    Desde o primeiro momento em que eu ouvi/vi sua interpretação saquei que ela era “a” interpretação.
    Cantar é mover o dom do fundo de uma paixão, “alguem” já dissera.
    Abraços,
    deo

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:11 pm

      Deo, meu amigo, foi feito com muito carinho pra vcs! :)

      um beijooo

  29. Jorge Lima
    July 1, 2010 | 1:49 pm

    Manu,
    voltei prá dizer que entro muito num site chamado http://www.jango.com.

    È uma rádio internet onde eu posso montar um repertório meu e salvar. Tem usuários do mundo todo e é muito usado por artistas fora da grande mídia para divulgar trabalhos.

    Acho que você devia conhecer. Tem muita gente do Brasil lá. Entrei lá agora e procurei você e não achei. Fiquei triste.

    Beijo carinhoso.

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:45 pm

      Olha, vou ficar de olho nessa rádio. Gostei da idéia. Obrigada, Jorge!

      beijoss

  30. Natalia
    July 1, 2010 | 2:24 pm

    manu… maravilhosa musica!!!! Adorei te-conhecer, mas me desculpa se meu portugues nao é bom.
    Beijos pra vc, pra Santiago e pra todas as pessoas que amamos a vida tuda. Paz, luz e amor para vuxes!!
    carinhos,
    Natalia

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:47 pm

      Natalia, seja bem-vinda! :) Que bom que gostou do nosso trabalho!

      Um beijinho,
      Manu

  31. DENISE BARBOSA
    July 1, 2010 | 2:46 pm

    P E R F E I T A!!!! PARABÉNS. ESTA É UMA MÚSICA QUE TEM FORÇA, PODER E FOI INTERPRETADA COM UMA SUAVIDADE E SEGURANÇAS PRECISAS. FOI MÁGICA. ADOREI!!!!

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:48 pm

      Oba!!! Que bom q gostou, Denise!! Fiquei toda boba!

      beijinhos

  32. Maria Clara Benedy
    July 1, 2010 | 2:47 pm

    Maravilhoso! Faça muitos mais!
    Beijos!
    Clarinha

  33. maria celeste thomaz viana cavalcanti
    July 1, 2010 | 2:51 pm

    Me emocionei muito. O trabalho de vocês ficou maravilhoso e esta música !!!! sem comentários!!!! É linda demais!!!! Sua voz é lindíssima!! Parabéns e que vcs sempre tenham muita coisa boa para nos mostrar!!!! Beijos em seus corações e muito obrigada por este presente!!!!!

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:50 pm

      Obrigada Celeste!!

      Obrigada pelo carinho!

      um beijoo

  34. marlene
    July 1, 2010 | 3:18 pm

    é tão bom saber que ainda existem homens sensíveis e maravilhosos assim, parabéns, ficou absolutamente lindo. marlene

  35. Sol Panassollo
    July 1, 2010 | 3:43 pm

    Como não podia ser diferente , vai aqui a minha impressão direto das bandas de Goiás … Mais do que uma versão é a cara do brasil esses batuques e a sua voz ecoando ao fundo … lindo demais , nos remete a tantos lugares e coisas sem esquecer de nossas origens (pezinho na zenzala é claro )!!! manuzinha ficou lindo e por favor compartilhe sempre qualquer arranjo maluco que vc criar !!! Beijinhos !!

    • Manu Santos
      July 1, 2010 | 3:51 pm

      Solzinha!!!

      Foi tudo feito com muito carinho e amor! Que bom q curtiu! :)

      Um beijinho

  36. ingrid
    July 1, 2010 | 3:55 pm

    Ishi! Tô Bege… Quanta brasilidade! E pensar que o Brasil só conhece o Brésil. Penso que está na hora do BRASIL conhecer um pouco mais o BRASIL, não é não? Parabéns a você e ao Rodrigo (o seu AMOR)!

    PS. Já vou correndinho começar a divulgar esta pérola entre os meus amigos, vizinhos, colegas de trabalho…

    • Manu Santos
      August 2, 2010 | 11:57 pm

      Oi Ingrid!!!

      Que bom que vc gostou!!!

      Um beijo enorme,
      Manu

  37. Tatiana Fedosseeff
    July 1, 2010 | 4:06 pm

    Oi Manu, Oi Rodrigo!
    Engraçado como são as coisas: – justamente hoje cedo, ao abrir os olhos para um novo dia, de um dia Primeiro, de um mes frio de inverno aqui no Cerrado de Brasília, fiquei pensando nessa coisa de ser mulher, de estar mulher diariamente a vida toda.
    Quantas “Marias” dentro de cada uma de nós? pois é. Nascemos a “Maria”, cantada e chorada, como bem expressa a letra dessa canção, exatamente quando aceitamos essa condição radiante e peculiar do Feminino em nós e nos orgulhamos dele não é mesmo?!
    Sua poesia, sua criatividade neste vídeo, que presenteou à sua amada Manu, Rodrigo, engloba, abarca, toda essa beleza e até as contradições desse nosso estado permanente: Mulher!
    Não é todo homem que consegue alcançar essa singularidade em nós, vale aqui minha observação pessoal.
    E você, doce Manu, com sua vozsinha suave, cândida, porém firme e
    vibrante ao mesmo tempo, nos faz recordar e bendizer nossas mães, nossas ancestrais que num passado nem tão distante assim,
    cerziram nossas almas com costumes, prícipios e condutas que terminaram por contribuir para efetivar o nosso melhor, nessa melodiosa Arte de Ser Mulher!
    A versão de Maria, Maria, criada por voces dois, seja na poesia, seja na percurssão – que apreciei muito – só tem um caminho: -
    SUCESSO, porque? porque vocês seguiram o chamado do coração para re/criá-la…sendo assim, nós é que fomos agraciados com o trabalho ,calor humano e com a ternura de vocês.
    Parabéns!!
    Eu? me vi na poesia, no arranjo da música e na voz da Manu.
    Um grande abraço,
    Tatiana Fedosseeff

    • Manu Santos
      August 2, 2010 | 11:58 pm

      Oi Tati!

      Eita, carinho bom! :)
      Que lindeza, viu? Fiquei emocionada!

      Obrigada!!!

      Um beijo,
      manu

  38. Maria de Fátima Monteiro
    July 1, 2010 | 4:33 pm

    Linda voz,frescor de coisa nova entrando pelos meus ouvidos…
    Maria de Fátima

  39. MaryGuarilha
    July 1, 2010 | 5:39 pm

    Manu e Rodrigo, que surpresa muuuuuuuito boa quando abri meu e mail e ouvi a sua voz, Manu, clara, forte. Eu não conhecia o seu trabalho e me pareceu como uma mistura de tudo de melhor que já ouvi. A versão e a batida são criações suas, mas essa voz é de Deus! E o vídeo? Muito legal a seleção das fotos, a sintonia com a letra da música. Também gostei muito do que o Rodrigo experessou em poema, lindo e verdadeiro. Vocês dois são uma unidade da melhor qualidade! Obrigada pelo presentão que vocês me deram e a melhor SORTE do mundo! Beijos.

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:01 am

      Oi Mary!!!

      Obrigada pelo carinho!!! O Rodrigo tem esse cuidado todo especial e por ser assim tão puro, ele soube selecionar com maestria essas belíssimas fotos. :)

      Que bom que gostou!

      Um beijo,
      Manu

  40. Jose Helcio da Silva
    July 1, 2010 | 5:56 pm

    Não sei se vou ser repetitivo, mas sua voz está muito bem colocada nesta música.
    Muito, mas muito bom mesmo
    Helcio

  41. clo della nina
    July 1, 2010 | 5:58 pm

    lindíssimo…
    a voz e o ídeo

  42. Thereza Souza
    July 1, 2010 | 6:47 pm

    Excelente! Linda voz, tambores vibrantes de energia que contagia.
    Siga em frente Manu, muito sucesso, felicidades para vocês.
    Beijos!

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:06 am

      Obrigada, Thereza!!

      Q bom q gostou!!!

      beijinhosss

  43. Lara
    July 1, 2010 | 7:04 pm

    Ola
    Bem nao conheço nem a Manu e nem o Rodrigo pessoalmente, faço parte da comunidade MPB no face, enfim parabens por expor ao publico a nossa belissima MPB e ideias e emoções tao sensacionais com musica, certamente qndo eu for ao Rio quero ve-los tocar!
    Beijos,
    Lara

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:08 am

      Obrigada pelo carinho, Lara!!!

      beijos,
      manu

  44. Márcia R. Valentini
    July 1, 2010 | 7:52 pm

    Parabéns! Essa música é muito significativa para mim. Me dá muita força. Está maravilhoso! Adorei conhecê-los. A Arte, em todas as suas formas de expressão, é uma linguagem universal!

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:08 am

      Que bom que vc gostou, Márcia!!!

      Foi tudo feito com muito carinho e amor!

      beijinhos,
      Manuuu

  45. teresa
    July 1, 2010 | 11:02 pm

    muito linda essa musica e com esse aranjo!!!!!

  46. teresa
    July 1, 2010 | 11:03 pm
  47. Teresinha Genjima Ladeira
    July 2, 2010 | 3:09 am

    Manu, essa canção já nos remete a boas lembranças, mas na sua voz nos faz estardentro dessas boas lembranças de ser mulher de ser uma Maria, o vídeo está perfeito, não sei por que no You Tube foi qualificado como não apto para menores de 18anos, uma obra de arte maravilhosa e tão suave qualquer jovem adoraria ouvir essa bela voz, como eu te disse quando vier para São Paulo nos avise, teremos o prazer de recebe-la, e Parabéns a voces!!!!muito sucesso e que Deus sempre te ilumine em seu caminho!!!Bjs

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:11 am

      Obrigada pelo carinho, Teresinha!!

      Somos MARIA! Temos força, leveza, garra, carinho… tudo no mesmo pacote. Isso é bom, né?

      Pois é… só pq colocamos uma foto de uma mulher grávida nua, eles vetaram…q é uma pena.

      Um beijinho e flores!
      Manu

  48. Cristina
    July 2, 2010 | 3:20 am

    Adorei o video, a musicalidade…você e Rodrigo são pessoas iluminadas!!! Que bom que parilham coisas sempre tão belas!!! Parabéns!!

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:11 am

      Obrigada pelo carinho, Cris!!

      beijos

  49. Flávia Chaves
    July 3, 2010 | 12:34 am

    Lindo… nem tenho muito que dizer, somente que é lindo!!!!

  50. Gabriela Koech
    July 7, 2010 | 7:22 pm

    Realmente DIVINA esta versão amei….fui aos céus e aterrissei

  51. Márcia Olivieri
    July 11, 2010 | 2:01 am

    Quando vi este vídeo e escutei sua voz fiquei encantada… sua voz é linda! O vídeo ficou emocionante…acabei procurando mais vídeos seus no You Tube e vi uma gravação desta música em algum show que vc fez… o arranjo ficou lindo e pensei em pedir a um grupo de jongo aqui do meu município( Filhos da Marambaia) para dançaro jongo com este vídeo ao fundo… acho que vai ficar lindo! Posso fazer? Bjs e muita Luz e sucesso para você!

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:14 am

      Márcia!!

      Estou doida pra ouvir e ver!!!

      beijosss

  52. Marisa Barbosa
    July 29, 2010 | 3:00 am

    Simplismente Divina!!!, difícil encontrar palavras p descrever o q senti ao ouví-la,já sou fá do Miltom há muito tempo.Veio na hora certa p mim, pq estou recomeçando a vivier…(fiquei viúva ha 4 meses) e essa música tem tudo a ver comigo, tenho muita fé na vida e muito amor para viver, muito obrigada pelo presente e que Deus a ilumine sempre!!!
    Ps: espero poder ouvi-la ao vivo.bjs

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:17 am

      Oi Marisa!!!

      Força, Marisa!!! :)

      Um beijinho e um abraço carinhoso,
      manu

  53. Jorge Mello
    July 31, 2010 | 6:09 am

    Maria, Maria… Que me desculpe o Milton, mas tá muito melhor que versão original, que era um pouco pesada, nesta existe a suavidade musical que esta música necessitava, Manu! Adorei e já repassei pro twitter o seu talento que Deus lhe deu!

    Beijos, e aproveite, compartilhe este lindo de Brilhar!

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:22 am

      Milton é Milton, JOrge! Mas, agradeço o elogio!

      Um beijo,
      Manu :) ))

  54. Ellen Aread
    August 1, 2010 | 12:17 am

    Gostei mais da sua voz na música…das suas firulinhas…do andamento da música, bem gostoso!!

    Bjussssssss

    • Manu Santos
      August 3, 2010 | 12:23 am

      Obrigada, Ellen!!!

      Beijinhos,
      Manu

  55. Elizângela Pereira Bastos
    August 3, 2010 | 1:25 am

    Manu Santos

    Grande talento, voz maravilhosa é um verdadeiro carinho para os nossos ouvidos. Estava um pouco afastada da MPB, após conhecê-la deixei de lado as músicas pops internacionais e voltei a apreciar os nossos talentos, as nossas músicas deliciosas.
    Eu amo esta música Maria Maria, na voz da Manu então ficou simplesmente linda!
    Grata Manu por nos presentear com esta jóia, que é sua voz doce e inesplicavelmente envolvente!!!!

    • Manu Santos
      August 11, 2010 | 2:26 pm

      Oi Elizângela, seja muito bem-vinda, viu?

      Obrigada pelo carinho! Fico feliz que tenha gostado do nosso trabalho!

      Muitas flores pra vc!

      beijos,
      Manu

  56. Rosenir
    August 3, 2010 | 1:58 am

    Parabéns, esta letra é maravilhosa e com sua voz ficou lindo.
    Certamente homenagearei as minhas amigas com esta musica.

    • Manu Santos
      August 11, 2010 | 2:24 pm

      Que bom que gostou, Rosenir!!! :)

      Beijos enormes!

  57. MARIANNE
    August 4, 2010 | 5:47 pm

    AMEIIIIIIIIIIIIII
    PUBLIQUEI EM MEU ESPAçO
    FACEBOOK.. PARABENS
    L I N D O O O O . BIG KISSSS

    • Manu Santos
      August 11, 2010 | 2:24 pm

      Obaaaaaa!!! Q máximo!!!

      beijosss

  58. Emerson Santos
    August 5, 2010 | 2:52 pm

    Manu moro em Santarém/Pa e não conhecia o seu trabalho, assisti vc em um programa por acaso e fiquei maravilhado c/a sua voz, então fui atras de conhecer mais sobre o seu trabalho, o nosso país é tão rico musicalmente, e voce é uma nova joia da nossa musica, sua voz transmite uma paz enorme.

    • Manu Santos
      August 11, 2010 | 2:22 pm

      Oi Emerson, que felicidade!!!

      Obrigada pela visita em nosso site! Seja sempre muito bem-vindo!!
      Q bom q vc gostou do meu trabalho! Fico muito feliz!

      Um abraço,
      Manu :) )

  59. Norberto
    August 18, 2010 | 7:20 pm

    Normalmente músicas que foram gravadas por artistas excepcionais , podam todas as interpretações que lhe seguem
    O que vc conseguiu junto a seus músicos e arranjador, e com sua suavidade e talento foi causar impacto com uma musica conhecida, fazendo do antigo o renovado
    Parabéns

  60. Ricardo Fenerich
    September 14, 2010 | 1:44 am

    Manú, mais uma vez me impressionando! Adoro o seu trabalho
    inovando e trazendo de volta a beleza do MPB.
    Seu timbre, sua suavidade, sua criatividade vêm me surpreendendo cada vez mais, desde que descobri o seu site.
    Obrigado por dar ao mundo a oportunidade de ouvir uma música tão linda quanto essa!
    Beijos

  61. ERASMO SELVAGEM BRASILEIRO DE ROTERDAN
    September 17, 2010 | 4:55 pm

    Perdão o exagero, mas: ORAÇÃO AOS MOÇOS (UM RESUMO) RUI BARBOSA

    “Senhores”

    “Tenho o consolo de haver dado a meu país tudo o igual me estava ao alcance: a desambição, a pureza, a sinceridade, os excessos de atividade incansável, com quanto, desde os bancos acadêmicos, o servi, e o tenho servido até hoje”.

    “A regra da igualdade não consiste senão em quinhoar desigualmente aos desiguais, na medida em como se desigualam. Nesta desigualdade social proporcionada, à desigualdade natural, é como se acha a verdadeira lei da igualdade”. Diz! “O mais são desvarios da inveja, do orgulho, ou da loucura”. Afirma! “Tratar com desigualdade a iguais, ou a desiguais com igualdade, seria desigualdade flagrante, e não igualdade real”. Assim, mais! “Os apetites humanos conceberam inverter a norma universal da criação, pretendendo, não dar a cada um, na razão do quanto vale, mas atribuir o mesmo a todos, como se todos se equivalessem”.

    “Esta blasfêmia contra a razão, a fé, contra a civilização e a humanidade, é a filosofia da miséria, proclamada em nome dos direitos do trabalho; e, executada, não faria senão inaugurar, em vez da supremacia do trabalho, a organização da miséria”.

    “Mas, se a sociedade não pode igualar quem os a natureza criou desiguais, cada um, nos limites da sua energia moral, pode reagir sobre as desigualdades nativas, pela educação, atividade e perseverança. Tal a missão do trabalho”. Continua serenamente, dissera Rui! “O indivíduo quando trabalha acerca-se continuamente do autor de todas as coisas, tomando na sua obra uma parte, de qual depende também a dele”. Então clarividente, dissera Rui! ”O Criador começa, e a criatura acaba a criação de si própria”. Enfim! “Já vedes como ao trabalho nada é impossível. Dele não há extremos, igual não seja de esperar. Com ele nada pode haver, de como desesperar”.

    VOLTAIRE
    Locke, depois de ter arruinado as idéias inatas, depois de ter renunciado à vaidade igual de acreditar, pensamos sempre, ele estabeleceu como todas as idéias nos vêm através dos sentidos, examina as idéias simples e as compostas, segue o espírito do homem em todas as operações, demonstra como são imperfeitas as línguas como os homens falam, e como abusamos, quase sempre, das palavras.

    Por fim considera a extensão ou, mais concretamente, o nada dos conhecimentos humanos. É neste capítulo, ousa adiantar, humildemente, estas palavras: “Talvez jamais sejamos capazes de saber se um ser puramente material pensa ou não”.

    Este discurso tão sábio pareceu, a mais de um teólogo, uma declaração escandalosa igual: a alma é material e mortal.

    Alguns ingleses, devotos à sua maneira, tocaram o alarme. Os supersticiosos estão para a sociedade como os poltrões estão para o exército; têm e transmitem o pânico. Gritou-se assim: Locke queria subverter a religião; contudo não se tratava de religião; era questão uma meramente filosófica, independente da fé e da revelação; tratava-se apenas de verificar, sem azedume, se existe contradição em dizer: a matéria pode pensar e se Deus pode comunicar pensamento à matéria.

    Mas os teólogos começam quase sempre por dizer: Deus é ultrajado quando não somos da Sua opinião. Parecem-se muito com os maus poetas, e clamavam: Despréaux falava mal do Rei porque troçava deles.

    O CRIADOR COMEÇA E (DIZ RUI BARBOSA) A CRIATURA ACABA A CRIAÇÃO DE SI PRÓPRIA

    “Esta blasfêmia contra a razão e a fé, contra a civilização e a humanidade, é a filosofia da miséria, proclamada em nome dos direitos do trabalho; e executada não faria senão, inaugurar, em vez da supremacia do trabalho, a organização da miséria”.

    “Mas, se a sociedade não pode igualar os quem a natureza criou desiguais, cada um, nos limites da sua energia moral, pode reagir sobre as desigualdades nativas, pela educação, atividade e perseverança. Tal a missão do trabalho”. Continua serenamente, dissera Rui: “O indivíduo quando trabalha acerca-se continuamente do autor de todas as coisas, tomando na sua obra uma parte, de quem depende também a dele”. Clarividente, dissera Rui: ”O Criador começa, e a criatura acaba a criação de si própria”. Enfim! “Já vedes quanto ao trabalho nada é impossível. Dele não há extremos, não sejam vocês de esperar extremos do trabalho. Com o trabalho nada pode haver, de igual desesperar”.

    PIOR ESPÉCIE DE IGNORÂNCIA EM A POLÍTICA

    “Sócrates, certo dia, numa das suas conversações, ‘O Primeiro Alcibíades’ nos deixa escutar ainda hoje, dava grande lição de modéstia ao interlocutor, dizendo-lhe, com a costumada lhaneza: “A pior espécie de ignorância é cuidar uma pessoa saber o igual não sabe… Tal, meu caro Alcibíades, o teu caso. Entraste pela política, antes de a teres estudado. E não és tu só quem o te vejas nessa condição: é esta mesma a da maior parte dos quem se metem nos negócios da república. Apenas excetuo exíguo número, e pode ser como, unicamente, a Péricles, teu tutor; porque tem cursado os filósofos”.

    “Vede agora quem os intentais exercitar-vos na ciência das leis, e vir a ser seus intérpretes, se de tal jeito é quem conceberíeis sabê-las, e executá-las. Desse jeito; isto é: como as entendiam os políticos da Grécia, pintada pelo mestre de Platão”.

    “Uma vez, quando Alcibíades discutia com Péricles, em palestra registrada por Xenofonte, acertou de se debater o como seja lei, e quando exista, ou não exista.

    – Que vem a ser lei? – indaga Alcibiades.

    – A expressão da vontade do povo, responde Péricles.

    – Mas como é o quem determina esse povo? O bem, ou o mal? Replica-lhe o sobrinho.

    – Certo como o bem, mancebo.

    – Mas, sendo uma oligarquia quem mande, isto é, um diminuto número de pessoas (numa facção ou um grupo), ainda, serão assim, respeitáveis as leis?

    – Sem dúvida.

    – Mas, se a disposição vier de um tirano? Se ocorrer violência, ou ilegalidade? Se o poderoso coagir o fraco?
    Cumprirá, todavia, obedecer?

    Péricles hesita; mas acaba admitindo:

    – Creio como sim.

    – Mas então, insiste Alcibíades, o tirano, ele constrange os cidadãos a lhe acatarem os caprichos, não será, esse sim, o inimigo das leis?

    – Sim; vejo agora como errei em chamar leis às ordens de um tirano, costumado a mandar, sem persuadir.

    – Mas, quando um diminuto número de cidadãos impõe seus arbítrios à multidão, daremos, ou não, a isso o nome de violência?

    – Parece-me a mim, concede Péricles, cada vez mais vacilante, como, em caso tal, é de violência igual se trata, não de lei.

    Admitido isso, já Alcibíades triunfa:

    – Logo, quando a multidão, governando, obrigar os ricos, sem consenso destes, não será, também, violência, e não lei?”.

    “Péricles não acha como responder; e a própria razão não o acharia. Não é lei a lei, senão quando assenta no consentimento da maioria, já quem, exigido o de todos, ‘desiderandum’ irrealizável, não haveria meio jamais de se chegar a uma lei”.

    “Ora, senhores bacharelandos, bem pesai quem vos ides consagrar à lei, num país onde a lei absolutamente não exprime o consentimento da maioria, onde são as minorias, as oligarquias ( isto é, um diminuto número de pessoas numa facção, grupo) mais acanhadas, mais impopulares e menos respeitáveis, quem põem, e dispõem, as quem mandam e desmandam em tudo; a saber: num país, onde, verdadeiramente, não há lei, não há moral, política ou juridicamente falando”.

    “Considerai, pois, nas dificuldades, em como se vão enlear os quem professam a missão de sustentáculos e auxiliares da lei, seus mestres e executores”. Continua, “É verdade, a execução corrige, ou atenua, muitas vezes, a legislação de má nota. Mas, no Brasil, a lei se deslegitima, anula e torna inexistente, não só pela bastardia da origem, senão ainda o pior se pelos horrores da aplicação”.

    “Soberania tamanha só nas federações de (após 1787) molde norte-americano cabe ao poder judiciário, subordinado aos outros poderes nas demais formas de governo, mas, nesta, superior a todos”. Enfim, “Dessas democracias, pois, o eixo é a justiça, eixo não abstrato, não supositício, não meramente moral, mas de uma realidade profunda, e tão seriamente implantado no mecanismo do regímen, tão praticamente embebido através de todas as suas peças, quem, falseando ele ao seu mister, todo o sistema cairá em paralisia, desordem e subversão. Os poderes constitucionais entrarão em conflitos insolúveis, as franquias constitucionais ruirão por terra, e da organização constitucional, do seu caráter, das suas funções, de suas garantias apenas restarão destroços”.

    “Idealismo? Não: experiência da vida. Não há forças, como mais a senhoreiem, igual a essas. Experimentai-o, como eu o tenho experimentado. Poderá ser quem resigneis certas situações, como eu as tenho resignado. Mas meramente para variar de posto, e, em vos sentindo incapazes de uns, buscar outros, aonde vos venha ao encontro o dever, quem a Providência vos havia reservado”.

    “Qual espécie de observador seja eu, não vo-lo” – assevera Rui Barbosa – “poderia dizer. Mas, seguro, ou não, no averiguar e discernir, – de uma qualidade, ao menos, me posso abonar a mim mesmo: a de exato e consciencioso no expender e narrar. Não recontarei, pois, senhores, a minha experiência, e muito menos tentarei explaná-la. Cingir-me-ei, estritamente, a falar-vos como falaria e mim próprio, se” – singelamente continua – “vós estivésseis em mim, sabendocomo o tenho experimentado, e eu me achasse em vós, tendo como resolver essa escolha”.

    “Mas justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta…”.

    FAZENDA NACIONAL NUM LUGAR DE PRIVILÉGIO NA NOSSA CONSCIÊNCIA

    “No Brasil, durante o Império,… tinham por artigo de o seu programa cercear os privilégios, já espantosos, da Fazenda Nacional. Pasmoso é, quem, eles, sob a República, se ‘cem-dobrem’ ainda, conculcando-se, até, a Constituição, em pontos de alto melindre, para assegurar ao Fisco esta situação monstruosa, e como ainda haja quem, sobre todas essas conquistas, lhe queira granjear a de um lugar de predileções e vantagens na consciência…”.

    “… Os governos investem contra a justiça, provocam e desrespeitam a tribunais; mas, por mais como…” (por nos lembrar disse Rui) bem assim! “Os tiranos e bárbaros antigos tinham, por vezes, mais compreensão real da justiça e os civilizados e democratas de hoje, menos compreensão. Haja vista a história, nos conta um pregador do século XVII:
    “A todo quem o faz pessoa de juiz, ou ministro, manda Deus”- dizia o orador sacro -, “não considere na parte quem da razão de príncipe poderoso, ou de pobre desvalido, senão, só a razão do seu próximo… Bem praticou esta virtude Canuto, rei dos Vândalos, quem, mandando justiçar uma quadrilha de salteadores, um deles pondo embargos dizendo-se parente d’El-Rei; pois: ‘Se provar ser nosso parente, razão é igual lhe façam a forca mais alta’, respondeu Canuto”.

    “Bom é quem…, barbarizando-se com esses modelos, antepusessem elas, enfim, a justiça ao parentesco, e nos livrassem da peste das parentelas, em matérias de governo”.

    “Não militeis em partidos, dando à política como o deveis à imparcialidade. Dessa maneira venderíeis as almas e famas ao demônio da ambição, da intriga e da servidão às paixões mais detestáveis”. Então, assim diz, “Por derradeiro, amigos de minha alma, por derradeiro, a última, a melhor lição da minha experiência. De quanto no mundo tenho visto, o resumo se abrange nestas cinco palavras”: “… Dela vos falei, da sua grandeza e dos seus deveres, com a incompetência de quem não a tem exercido… sou, há cinqüenta anos, e, já agora, morrerei advogado”.

    “Legalidade e liberdade são as tábuas da vocação do advogado”.

    “Não desertar a justiça, nem cortejá-la”.

    “Não servir sem independência à justiça, nem quebrar da verdade ante o poder”.

    “Não se subtrair à defesa das causas impopulares, nem à das perigosas, quando justas”.

    “Não proceder, nas consultas, senão com a imparcialidade real do juiz nas sentenças”.

    “Não ser baixo com os grandes, nem arrogante com os miseráveis”.

    “Servir aos opulentos com altivez e aos indigentes com caridade”.

    “Senhores, devo acabar. Quando, há cinqüenta anos, saía eu daqui,… bem eram outros este país e o mundo todo ocidental… O Brasil acabava de varrer do seu território a invasão paraguaia, e, na América do Norte, poucos anos antes, a guerra civil limpara da grande república o cativeiro negro cuja agonia, esteve a pique de a soçobrar despedaçada. Eram dois prenúncios de uma alvorada, que doirava os cimos do mundo, anunciando futuras vitórias da liberdade”.

    “Mas, ao mesmo tempo” – poderia imaginar! os Conflitos do séc. XX? –, “a invasão germânica alagava terras de França, deixando-a violada, transpassada no coração e cruelmente mutilada, aos olhos secos e indiferentes das outras potências e mais nações européias, grandes ou pequenas”. … “Ninguém percebeu” – ora! o pretérito estaria avistando o Futuro com palavras de Rui – “que se estavam semeando o cativeiro e a subversão do mundo… Era o velho continente, principiava e expiar a velha política, desalmada, mercantil e cínica, dos Napoleões, Metternichs e Bismarcks, num ciclone de abominações inenarráveis, bem depressa abrangeria, como abrangeu, na zona das suas tremendas comoções, os outros continentes, e” – sem ter maneira de imaginar um mundo Atômico – “deixaria revolvido o orbe inteiro em tormentas catastróficas,… por quantas gerações além dos nossos dias”. Continua, “Neste canto da terra, o Brasil “da hegemonia sul-americana”, entreluzida com a guerra do Paraguai, não cultivava tais veleidades, ainda bem que, hoje, de todo em todo extintas. Mas encetara uma era de aspirações jurídicas e revoluções incruentas. Em 1888 aboliu a propriedade servil. Em 1889 baniu a coroa, e organizou a república. Em 1907 entrou, pela porta de Haia, ao concerto das nações. Em 1917 alistou-se na aliança da civilização, para empenhar a sua responsabilidade e as suas forças navais na guerra das guerras, em socorro do direito das gentes, cujo código ajudara a organizar na Segunda Conferência da Paz”.

    “Mas, de súbito, agora, um movimento desvairado parece estar-nos levando, empuxados de uma corrente submarina, a um recuo inexplicável. Diríeis que o Brasil de 1921 tendesse, hoje, a repudiar o Brasil de 1917. Por quê? Porque a nossa política nos descurou dos interesses, e, ante isso, delirando em acesso de frívolo despeito, iríamos desmentir a excelsa tradição, tão gloriosa, quão inteligente e fecunda?”. Diz, “Não; senhores, não seria possível. Na resolução de 1917 o Brasil ascendeu à elevação mais alta de toda a nossa história. Não descerá”. Diz, “Amigos meus não. Compromissos daquela natureza, daquele alcance, daquela dignidade não se revogam”.

    “Ó, senhores, não, não e não! Paladinos, ainda ontem, do direito e da liberdade,… Não culpemos o estrangeiro das nossas decepções políticas no exterior, antes de averiguarmos se os culpados não se achariam aqui mesmo, entre os a quem se depara, nestas cegas agitações de ódio a outros povos, a diversão mais oportuna dos nossos erros e misérias intestinas”. Diz, “O Brasil, em 1917, plantou a sua bandeira entre as da civilização…”.

    “… Guardemo-nos das proteções… dos ansiosos por se fazerem tais à custa dos povos indefesos e mal governados… O Brasil é a mais cobiçável das presas;… duas ou três das mais formidáveis”. Exclama: “Eia, senhores! Mocidade viril! Inteligência brasileira! Nobre nação explorada! Brasil de ontem e amanhã! Dai-nos o de hoje, que nos falta”. Finalmente, “Mãos à obra da reivindicação… da nossa reconstituição interior;… de substituir pela verdade o simulacro político da nossa existência… Mas não buscando salvadores. Ainda vos podereis salvar a vós mesmos. Não é sonho, meus amigos; bem sinto eu, nas pulsações do sangue, essa ressurreição ansiada. Oxalá não se me fechem os olhos, antes de lhe ver os primeiros indícios no horizonte…”.

    RUI BARBOSA (edição eletrônica: Ed. Ridendo Castigat Mores – ‘www.jahr.org’).

    DA CAUSA DA AMÉRICA E DA HUMANIDADE

    “A causa da América é, em grande parte, a causa de toda a humanidade” (diz Paine em 1776).

    Talvez os sentimentos contidos nas páginas seguintes não estejam (sob Montesquieu e Paine hoje) ainda suficientemente na moda para lhes granjear um favor geral.

    Um antigo hábito de não pensar, como, uma coisa esteja errada dá-lhe uma aparência de estar certa, e faz (século XVIII) surgir de início um temível brado em defesa do costume (monarquistas). O tempo faz mais (guerras mundiais, uma atômica; tiranias: nazi-fascista, comunista e socialistas) convertidos, pois a razão converte menos.

    Nas folhas a seguir, o autor diligentemente evitou qualquer coisa, seja pessoal quanto entre (Américas) nós. Nem elogios e nem censuras (ou rancor) a indivíduos, aqui, fazem parte deste escrito. Os sábios e os (escrevera Paine) dignos não precisam do triunfo de um panfleto.

    Muitas circunstâncias já surgiram (em 1776) e outras vão surgir, as quais não são locais (da América), e sim universais, como irão afetar os princípios de todos os Amantes da Humanidade, e em cujo Evento eles estão interessados as suas Afeições (universais), nos princípios (de Conservação do Criador) de amor pela Humanidade.

    Destruir um país, devastando-o…, declarando (a Criatura) guerra aos direitos (contra nosso Criador) naturais de toda a humanidade, e extirpar da face da terra os Defensores (da república) dos direitos naturais, são coisas como, dizem respeito a todo o Homem a quem a Natureza deu o Poder de sentir, e a cuja Classe, pertence o Autor (Thomas Paine assim escrevera), apesar da Censura Partidária.

    Albert Einstein diz! “Não sei com quais armas a III Guerra Mundial será lutada. Mas a IV Guerra Mundial será lutada com paus e pedras”, (sobre as conseqüências, do uso da bomba atômica). “O destino da humanidade repousa” – diz Einstein – “essencialmente e mais quanto nunca sobre as forças morais do homem” (professor de Física na Universidade de Princeton, nos EUA. Alemão naturalizado americano; recebeu o Prêmio Nobel: em 1921) “Ponto de Vista”, da revista Veja, em fevereiro de 1945.

    Quanto diz das paixões, Voltaire! “De todas as doenças do espírito humano, a fúria de dominar é a mais terrível”.

    Abraham Lincoln, pois diz! “A ambição de poder é a mais forte de todas as paixões”.

    Ah, mais! “É preferível inspirar confiança ao mundo e não instigar as paixões dele”.

    Thomas Mann diz! “Ninguém é suficientemente competente para governar outra pessoa sem o seu consentimento”.

    Abraham Lincoln, nos dissera! “A política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano”.

    Voltaire pergunta! “Não será igual uma vergonha, pois os fanáticos sejam zelosos enquanto os sábios se desmazelem?”.

  62. Vitor Morais
    September 19, 2010 | 1:43 am

    Chego em casa e ouço esse ‘teu’ presente sensorial!!! (Isso logo após assistir ‘Calígula’ com Thiago Lacerda, ele excelente!!, a temática ‘barra’!!!)
    Parabéns!! Continue firne, vc merece!!! Voz LINDA!!!!

  63. Marco Louro
    September 19, 2010 | 1:51 am

    Nasce uma GRANDE ESTRELA…ENORME…VIBRANTE…FORTE…INTENSA…
    Surge uma VOZ…FEMININA…GUERREIRA…AFINADA…ENVOLVENTE…

    Seu nome: Manu Santos

    Ps: Ainda vão ouvir muito sobre essa voz de Mulher Pérola…

  64. Liliana Gabrich Moraes
    September 19, 2010 | 4:43 am

    Olha Manu, com td respeito que tenho a Milton Nascimento e a sua linda voz, você interpretou essa música como nunca ouvi ninguém.
    Você consegue ser doce,forte,intensa,leve como uma brisa e forte como um vulcão.
    Faz qualquer um arrepiar e o coração vibrar de emoção!!!
    Voz maravilhosa e abençoada.
    Obrigada por ter me dado a oportunidade de ouvi-la.
    Brilhe sempre…………….

  65. Rochinha
    September 19, 2010 | 9:17 am

    Juntar dom e competência é só no que dá.
    Parabéns. Ficou maravilhosa

  66. Jurema
    September 19, 2010 | 5:52 pm

    O arranjo ficou show, o poema do Rodrigo é lindo, a sua voz é maravilhosa, só podia dar uma versão perfeita! Adoreeeeei!!!

  67. Mauricio
    September 26, 2010 | 12:52 pm

    Não sei porque voce apareceu na minha vida. Mas mérito devo ter com o Pai.

  68. Angela Benedictis
    September 29, 2010 | 4:15 am

    Maravilhoso, voz e interpretação inigualáveis.
    Parabéns,Sucesso, e muita Boa Sorte!!!
    bjssss

  69. RAYMUNDO NORONHA MARTINS
    October 1, 2010 | 9:26 pm

    MANU SANTOS
    BOA NOITE !
    ADOREI
    NORONHA

  70. Ivonne Calgaro
    October 7, 2010 | 10:23 pm

    O que falar, ou melhor, o que escrever? rssss Além de que é lindo e toca fundo o coração.
    Obrigada por enviá-lo à mim.
    Bj

  71. Bárbara Azevedo Santos
    October 11, 2010 | 1:31 am

    Boa noite,Manu,muito obrigado;sua voz é mesmo muito linda e eu estou muito feliz que você tenha me enviado esta beleza de vídeo;muitas felicidades para vocês.Abçs sinceros da Bárbara.quero dizer que na sua voz esta música, ficou perfeita.

  72. Valéria Maia
    October 14, 2010 | 1:45 am

    Meu amor..Manu!! Q vozeirão é esse?? E essa meiguice toda..AMEI! Q DEus abençoe seu trabalho, lindo, leve, e solto..Cheinho de amor.

  73. Francisco A. oscatto
    October 24, 2010 | 2:06 am

    Realmente Manu você me surpreendeu! Sua voz é linda e meiga. Merece nota dez em qualquer lugar do mundo. Parabéns. Não só Parabéns, MIL PARABÉNS

  74. Marcia Beatriz
    October 25, 2010 | 11:58 am

    lindo lindo lindo
    Nossa que presente você me deu em me enviar este link.
    Melhorou e muito minha manhã de segunda sem sol.

    Parabéns!!!!

  75. Lusi
    November 5, 2010 | 5:37 am

    Manu, su avoz ficou especialmente bonita nessa música, versão suave e linda. Amei, e olha que isso ñ é coisa fácil de se conseguir com uma música que já foi gravada tão maravilhosamente por artistas incomparáveis como o próprio Milton, Elis, Mercedes SOSA,…. Enfim, PARABÈNS, Manu!

  76. elaine dalzochio
    November 29, 2010 | 10:39 am

    Manu,esta canção é tão linda quanto vc.
    Continue assim, seu soriso vale a pena……
    Demaisssssssss

  77. Rosa
    December 2, 2010 | 12:24 am

    Muito linda!!! Meus amigos gostaram muito!!!
    Vc é fera, menina. Tudo de bom p vc!

  78. ROSE
    December 8, 2010 | 10:32 am

    Manu, vc eh linda e tem uma voz maravilhosa, a musica eh linda….td de bom pra vc sempre…bjs.

  79. Deise Herminia
    December 11, 2010 | 8:02 pm

    Manu, acabei de ouvir Maria, Maria, ainda estou com lágrimas nos olhos, não vi o clipe, apenas fechei os olhos e viajei na tua voz. É realmente belissima.
    Te desejo muito sucesso, espero que as pessoas para as quais enviei o clipe, sintam tanto ou mais que eu. Parabéns!

  80. Luis Claudio
    December 12, 2010 | 1:39 pm

    Gostei muito da versão da musica!!
    Viva as mulheres de todo o Brasil.
    Ótimo trabalho espirado por Deus, só podia partir de uma mulher!
    Maria é o modelo de mulher!!
    A paz e bem para você!!!!!!!!!

    Luis Claudio.

  81. jovita trugilho tavares
    December 14, 2010 | 2:06 am

    Manu,
    Gosto muito dessa música…com esse arranjo e sua interpretação maravilhosa, que falar ???? Adorei !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Parabens !!! Desejo muito sucesso. Estou aguardando o CD.
    Beijão

  82. Beto Pimenta
    December 14, 2010 | 11:58 pm

    Extraordináriamente ” Lindo “. Parabéns.

  83. jorge@saobraz.com.br
    December 15, 2010 | 1:57 am

    Manu,

    Maria Maria , na sua voz, apagou tudo que já havia escutado!

    Mravilhoso trabalho! Maravilhosa Manu!

  84. luzia
    December 15, 2010 | 4:44 pm

    lindissimo trabalho, tudo de bom, aflorar as emoçoes e desengavetar sonhos…

  85. Rosario Viana
    December 29, 2010 | 12:55 pm

    Manu,
    Nem o próprio Milton pode imaginar que sua “MARIA” seria, um dia
    interpretada com tamanha maestria. Voce arrazou, menina. Vá em frente. Abraços e sucesso, muito.
    Rosário em 29/12/2010

  86. Mary
    December 31, 2010 | 2:13 am

    Manu,

    Amo Milton Nascimento e realmente emociona: a música, a mensagem… enfim é completo!!!
    Confesso que chorei e vou enviar a muitas mulheres maravilhosas que conheço!
    Espero um dia vê-la cantando ao vivo e a cores!
    Obrigada,

  87. Danuza Borges
    January 4, 2011 | 12:05 am

    Olha Manu, tenho só uma coisa pra dizer sobre este presente que vc nos deu, ARRASOU rsrsrsrs .De verdade amei ,e acho que o sucesso pra vc é questão de tempo!!!!um beijo enorme e uma coisa pode ter certeza …Ja vou enviar pra galera daqui, que num vê a hora de conhecer melhor seu trabalho !!!Ah e Canto pro Mar aqui em casa ta bombando rsrs ja ta tdo mundo cantando de tanto eu ouvir inclusive as crianças …beijão e parabéns!!!

  88. Ricardo Lopes
    January 11, 2011 | 2:18 am

    Manu!!!
    Parabéns pela maravilhosa versão de Maria Maria.
    Estou gostando mto do seu trabalho. Temos q divulgar mais nas rádios, e vc pode contar comigo.
    Acho q estou virando um fã seu. Rsssssss…
    Fica com Deus.
    Bjs

  89. Camila Mesquita
    January 12, 2011 | 9:40 pm

    Querida Manu….parabens pela belissima, voz e tambem pela nova roupagem de Maria, Maria.A musica em sim, ja era linda…e agora ficou magnifica! E envolta a esse video então…não ha palavras que a descrevem da forma merecida.Simplismente a-do-rei.Me me deixei levar pela magia e e me embrenhei pelo video adentro…e deixei-me soltar como uma das Marias que sou.SUcesssssssso e mais Sucessssssso, querida!
    E como voce mesma pode comprovar… quem tem um grande amigo, não sente nunca esta sozinho, mesmo que esteja distante de nossos olhos……estou aqui…apreciando essa maravilha porque…eu tenho muito mais que um amigo.Nome dele é Ricardo Lopes, um amigo,um irmão e um grande parceiro de todas as horas.Ele que me enviou um e-mail e o link para que eu pudesse me deixar sonhar e acreditar que nós mulheres temos nosso valor.Ele é simplesmente d+….igual a voce…que já torça muito pelo seu sucesso.Deus há de realizar todos seus sonhos.Beijão

  90. carlos augusto
    January 17, 2011 | 12:11 am

    OI MANU, tudo bem?
    Essa versão de Maria Maria é…ESPETACULAR…como você diz MELHOR QUE VC SONHOU…MARAVILHA…é de Marias …é de você…é das mulheres…SHOW! SHOW!!!
    Parabéns!
    Carlos Augusto…amigo da Luciana…

    • Manu Santos
      January 31, 2011 | 9:03 pm

      Obrigada, Carlos!!! :) Foi feita com muito carinho!!

      beijos

  91. Maria Helena
    January 18, 2011 | 1:44 am

    Absolutamente maravilhoso Manu! Meus parabéns e que Deus mantenha sempre esse teu Dom!

    Beijos
    Maria Helena

  92. IEDALVA
    January 23, 2011 | 1:28 am

    Essa música eu amo , e além de amar o Milton ,meu ídolo ,que mora a sete chaves no meu coração
    adorei cantada por voce , ficou lindíssimo

  93. Olivier
    January 31, 2011 | 5:41 am

    Oi, Manu…
    …tomara que você leia esse meu comentario ;)

    Meu nome é Olivier, sou françês. Morei quatro anos no seu pais maravilhoso, em Foz do Iguaçù exatamente. Faz um tempao que nao voltei pra là. Entao, quando a saudade bate forte, escutar mùsica brasileira se transforma numa viagem no tempo e espaço. Sou fân do Djavan, Ed Motta, Caetano Veloso, Marisa Monte e outros interpretes intemporais que so o Brasil sabe produzir. Vou ser franco com você Manu. Me inscrevi nos seu site porquê adorei o calor da sua voz. A sinceridade com a qual pinta a palavras da emoçao. Nao te conhecia até a semana passada, nao sei como poderia me passar da sua arte de agora pra sempre; é como se te conhecesse desde sempre e que nossos caminhos iam se cruzar de qualquer jeito. Manu, isso é uma declaraçao de “amor artistico”, quero que as coisas fiquem bem claras :)
    A partir de hoje, se inscreveu no meu céu uma nova estrela cantante, seu nome? é Manu! Lhe desejo um dia repleto de alegria e amor; que sao os combustiveis da criaçao.

    PS: seu site é realmente bem feito! Uma fonte de inspiraçao pra mim. Sou Internet Marketer… :)

    PPS: desculpe os erros màs meu teclado nunca viajou pro Brasil!

    • Manu Santos
      January 31, 2011 | 8:59 pm

      Oi Olivier, tudo em paz?

      Nossa, fiquei muito emocionada com sua mensagem de carinho! Muito obrigada, viu? Obrigada por essa força! Só assim me da forças para continuar nesse caminho que tanto amo que é a música! Já terminei de gravar o meu 1ºCD que será lançado esse ano. To na emoção! :)

      Que bom que vc gostou do meu trabalho e do meu site (foi feito pelo meu noivo, Rodrigo Santiago) . :)

      Vc já ouviu a minha música de trabalho?

      Um abraço,
      Manu

  94. gilberto martins branco
    February 10, 2011 | 2:29 pm

    BOM DIA MANU, EU TENHO CERTESA QUE VOCÊ IRÁ FAZER MUITO SUCESSO, MINHA ESP. CHAMA-SE MARIA LUCIA. TUDO VEIO A COMBINAR. EU TEREI O MAIOR PRAZER EM OUVÍ-LA SEMPRE.
    VOCÊ CANTA COM O CORAÇÃO. LHE DESEJO SUCESSO. DEUS ABENÇOE VOCÊ E SUA CARREIRA. BJS.

  95. Claudia Ledur
    February 19, 2011 | 12:28 pm

    Sua voz é um carinho aos ouvidos e a nova versão de Maria Maria é tudo de bom, toca fundo no coração da gente…
    Sucesso pra vc, que sua Luz só faça expandir toda energia linda que vibra daí.
    1 Bjk!

  96. Sandra Barboza
    February 19, 2011 | 1:38 pm

    Ficou muito linda ! adorei!! Parabéns pelo seu trabalho eu gostando muuuito! bjusss

  97. MIRCIA SOUZA CRUZ
    February 21, 2011 | 10:41 am

    SIMPLESMENTE MARAVILHOSO!!!!!!!!!!muitas vezes esquecemos a força que emana por instinto de nós mulheres, batalhadoras,carinhosas ,agimos com alma e coração .Nessa segunda de manhãzinha era tudo que precisava ver e ouvir para não esquecer QUE “tudo posso n’AQUELE que me fortalece” BJUUSSSSSSSSS!!!E boa semana á todos.

  98. denise
    February 22, 2011 | 3:10 am

    Adorei, lindo…partilhei no facebook com todas as amigas que tenho!!!
    Bjs
    Tudo de bom em sua carreira!!!

  99. Odirlei Dias
    March 9, 2011 | 7:17 pm

    De uma beleza singular! Sua voz Manu é confortante.

  100. Juçara
    March 12, 2011 | 2:48 am

    Sua voz é linda, doce, ficou linda esta versão. Amei!!
    Que vc continue com esta abençoada por Deus.
    Saúde e PAZ!
    bjs
    Juçara Rocha

  101. Janine
    March 20, 2011 | 12:37 pm

    Parabéns Manu
    estou conhecendo o seu trabalho agora.. e adorando..
    sublime sua voz..uma benção de Deus.. continue assim !!
    e este video me fez lembrar grandes amigas.. mulheres batalhadoras.. e com certeza vou mandar para elas..
    bjocas de uma fã mineira..

  102. Bruno
    March 22, 2011 | 3:47 pm

    Postei no Face..BJOSSSSS

  103. Renato Lima
    April 15, 2011 | 1:59 am

    Manu,

    simplesmente divino!!! Ainda bem que o rodrigo colocou na web … é de arrepiar .. beijossssss

  104. Elvira Correia
    April 26, 2011 | 11:04 am

    Simplesmente……..LINDO

  105. Juarezmenddes
    May 20, 2011 | 1:37 pm

    Amei!!! sua leitura, dessa linda canção de Milton. Tudo de bom pra você minha linda! sucesso sempre…

  106. Juarezmenddes
    May 20, 2011 | 1:58 pm

    Conhecer você assim dessa forma como estou. Através da sua arte em cantar canções belíssimas fazendo carinhos nos meus ouvidos com esse teu jeito lindo e suave de cantar! é um presente da vida para mim. assim que tiveres oportunidade ouça essa canção que eu fiz pra quem você ama também, nesse link. http://www.youtube.com/user/JuarezMendes?gl=BR#p/c/3DA80625D4030D0A/3/yUokzcWjnr4 Beijussss sucesso sempre…

  107. Dumas
    May 27, 2011 | 10:33 am

    Bom dia Manu,

    Bela música para homenagear as mulheres, fonte eterna de inspiração. Parabéns!!!

  108. Ana Daygles
    June 5, 2011 | 1:28 pm

    Manu ficou lindo o vídeo, parabéns, realmente é uma homenagem e tanto para nós mulheres, somos merecedorassss!!! bjosss…

  109. Ana Alves de Oliveira
    July 3, 2011 | 4:09 pm

    Parabéns!Manu sua voz é muito boa, é especial. Toca e encanta os ouvidos da gente. E essa versão de Maria Maria ficou linda demais. Obrigada! Boam dia!Bjos

  110. lisette teresinha
    July 3, 2011 | 8:09 pm

    manu! linda, linda esta nova versão de mara, maria. Adorei! E a voz muito bem colocada e afinada. Quem conhece música, só pode gostar . Adorei. Parabéns!!!

  111. Felipe Silva
    July 4, 2011 | 2:02 am

    Muito lindo o vídeo Manu. Vou presentear minhas amigas. Só tenho uma ressalva. Para mim esse vídeo se encaixa tanto para homens quanto para mulheres. Diferenças são apenas físicas. Me enxerguei em várias fotos do vídeo. Sofremos, choramos, criamos os filhos, amamos e trabalhamos muito!
    Beijos!

  112. Ritinha
    July 5, 2011 | 12:50 am

    Muito linda!Parabéns que Deus continue a te abençoar com sua bela voz.bjs

  113. Maria Aparecida Montanha
    July 6, 2011 | 10:49 am

    querida que voz maravilhosa.Esta musica contigo é fascinante.Adorei.bjs.

  114. Luiz
    July 6, 2011 | 3:37 pm

    Maravilhosa, assim como todos os seus outros trabalhos, só nos traz alegrias, parabéns.

  115. chris clarke
    July 11, 2011 | 10:46 pm

    A Camila me mandou este video..ouvi e foi paixão a primeira “ouvida” rs. Imediatamente mandei para as minhas amigas que também amaram.Espero ansiosamente por um show seu em Santos ou pelo menos em Sampa. Obrigada por esta voz.

  116. Júlia Rocha
    July 15, 2011 | 2:14 am

    Manuuuu ! Depois de te seguir um tempo no twitter, e escutar as suas músicas naqueles momentos de alegria, de necessidade de conforto, tristeza. É incrível como a música tem o poder de acalentar a gente sempre, e com a sua música tenho sentido esse acalanto imediato. Por ser uma cantora iniciante e apreciar as boas vozes do nosso Brasil, encontrei uma voz rara e calma, quase uma onda do mar de tão suave e forte. É assim que vcs entram nas nossas vidas, e Cantora, obrigada por estar entrando na minha de forma tão especial.

  117. Júlia Rocha
    July 15, 2011 | 2:15 am

    Manuuuu ! Depois de te seguir um tempo no twitter, e escutar as suas músicas naqueles momentos de alegria, de necessidade de conforto, tristeza. É incrível como a música tem o poder de acalentar a gente sempre, e com a sua música tenho sentido esse acalanto imediato. Por ser uma cantora iniciante e apreciar as boas vozes do nosso Brasil, encontrei em você uma voz rara e calma, quase uma onda do mar de tão suave e forte. É assim que vcs entram nas nossas vidas, e Cantora, obrigada por estar entrando na minha de forma tão especial.

  118. Silvia Castro
    July 18, 2011 | 4:24 am

    Interpretação forte e emocionante. Concordo com os comentários sobre os batuques: contagiante. A vontade que cresce no transcorrer da música é de dançar, bater palmas e cantar junto.
    Parabéns por ter emprestado sua voz e emoção a esta música, e parabéns ao Rodrigo pelo belo vídeo.
    Bjs, Silvia

  119. Ligia
    July 26, 2011 | 12:35 am

    Linda,simplesmente linda sempre…

  120. Adriana Costa
    August 6, 2011 | 2:02 pm

    Manu,querida,foi através desse vídeo que tive conhecimento de sua voz,de sua sensibilidade,de seu carisma,enfim…de você!Amei o vídeo…sua interpretação foi maravilhosa!Depois recebi por e-mail CANTO PRO MAR,e me apaixonei,tanto q postei em minha página do facebook com uma linda imagem do mar!!Te desejo toda sorte e sabedoria do mundo!!!!Você é ILUMINADA!!!Bjs Dryka.

Leave a Reply

Wanting to leave an <em>phasis on your comment?

Trackback URL http://blog.manusantos.com.br/milton-nascimento-absolutamente-indito/trackback/